Caetano Grippo é Fotografo e editor desde 2010. Formado em Direção Cinematográfica pela Academia Internacional de Cinema e cursa o Bacharelado em Artes Visuais na Universidade Belas Artes. Participou de diversos festivais como Diretor de Fotografia e Editor em filmes como O Corpo Nu (de Diego Carvalho Sá), O Olhar de Um Dia (de Felipe Terra) e Cão da Estrada (de Erick Martorelli). Entre os festivais inclui o Festival Kinoforum de São Paulo e o Festival de Berlim. Em 2014 venceu o prêmio de Melhor Montagem de Curta Metragem (Melhor Edição) no FilmWorks Film Festival com o filme O Olhar de um Dia, além de receber menção honrosa na Semana Paulistana do Curta-Metragem.  

 

Desde 2014 é Diretor AudioVisual do Evento Miss Angola que acontece em Dezembro na cidade de Luanda, sendo responsável pela produção dos filmes exibidos durante o evento televisionado para todo o continente Africano e Portugal.

 

Motivado pela pesquisa em texturas fotográficas, começou a explorar o mundo da pintura e lá encontrou diversas possibilidades, não somente para atender à técnica fotográfica, mas uma nova linguagem para manifestar seu pensamento, sempre experimentando novas formas de criar relações sensoriais com o espectador através da exploração da técnica e do meio utilizado. Além disso, tem uma forte relação com a psicologia analítica de Carl Gustav Jung e sua pesquisa sobre arquétipos e sonhos, claramente influenciando no processo do artista que busca construir imagens que exploram as sombras do inconsciente e do mundo onírico.

Caetano Grippo is a Photographer and Film Editor since 2009, graduated in Film Studies by the Academia Internacional de Cinema [International Film Academy] in 2010 and Bachelor Degree in Visual Arts at the Universidade Belas Artes [Fine Arts University]. Among the movies he worked as a Cinematographer or Film Editor are “The Naked Body” (directed by Diego Carvalho Sá), “O Olhar de Um Dia” (directed by Felipe Terra) and “Roadhound” (directed by Erick Martorelli), those and others have been screened at Film Festivals around the world, such as the Festival Kinoforum de São Paulo and the Berlinale. In 2014 he was awarded with Best Editing in a Short Film at the Filmworks Film Festival for “O Olhar de um Dia”, which also won a Mention of Honor at the Semana Paulistana do Curta-Metragem.

 

Since 2014 he is the AudioVisual Director of the Miss Angola event, which happens every December in the city of Luanda and is broadcasted to the entire African continent and Portugal.

 

His work has it’s poetry rooted on the work of the psycho-analist Carl Gustav Jung, who has an extensive research on dreams and archetypes. The process and work of the artist is clearly influenced by it in it’s search to elaborate images that evokes the shadows of unconscious and our relationship with a dreamlike universe. Beyond that he presents a tenacious research on texture which he applies on photography, cinematography and painting. Always experimenting various ways to create a sensorial experience to the observer in each of the artistic languages.

- 2014 - Prêmio de Melhor Montagem pelo filme O Olhar de Um dia no FilmWorks Film Festival

- 2017 - Quatro obras expostas na SP-ARTE do projeto Diáfano junto a Galeria Nacional

- 2017 - Selecionado para o Festival Corvallis Queer Film Festival (Estados Unidos)

- 2017 - Selecionado para o Festival Ecrã de Cinema Experimental (Brasil - Rio de Janeiro)

- 2017 - Exibição do filme Constelações no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro

- 2017 - Selecionado para o Shanghai Queer Film Festival (China)

- 2017 - Selecionado para o Fake Flesh Film Festival (Canada)